sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Osteopatia é uma filosofia de diagnóstico e tratamento


>






A osteopatia é uma filosofia, um meio de diagnóstico, tratamento e cura. Foi criada pelo médico Andrew Taylor Still, e utiliza recursos manuais para interferir na estrutura anatômica e na sua função. Ela não trata apenas os sintomas do paciente, mas busca a causa do problema, tratando o corpo como um todo.

Toda doença inicia com a quebra da homeostasia, ou seja, a quebra do equilíbrio do corpo. Isso ocorre quando o organismo perde a capacidade de se adaptar aos estímulos provenientes do meio externo ou interno. Assim o corpo se desorganiza e a partir daí existe a possibilidade da doença se instalar. Isto ocorre por disfunções do sistema musculoesquelético (traumas, má postura, movimentos repetitivos), disfunções do sistema visceral (nutrição), disfunções do sistema craniano ou até mesmo a percepção que o individuo tem em relação ao seu meio ambiente.

O próprio organismo possui capacidade de se recuperar de uma disfunção, desde que não haja obstáculos. A osteopatia busca derrubar esses obstáculos, respeitando o princípio da unidade e globalidade do ser, relação entre estrutura e função e também a capacidade de auto cura do corpo humano.

A osteopatia, através do toque manual, restaura a mobilidade articular de uma estrutura hipomóvel (pouco movimento); rompe arcos-reflexos patológicos (má informação nervosa para determinada estrutura); normaliza os tecidos (aderências, cicatrizes) nutri todo sistema (melhora a circulação sanguínea para os tecidos); devolvendo assim, ao corpo, a capacidade de se auto curar e auto adaptar.

Você conhece o nosso Drive Virtual de Conteúdo spbre Terapia Manual? Clique aqui e conheça!

Comente:

Nenhum comentário:

Postar um comentário