sexta-feira, 10 de julho de 2015

A Osteopatia no mundo


>






A Osteopatia está presente em um grande número de países, sendo em alguns uma especialidade médica, em outros uma especialidade da osteopatia e em alguns outros uma profissão independente.

É uma profissão ou especialidade que vem crescendo muito por conta dos resultados, rápidos e efetivos e também por poder ser utilizada em quase todos os tipos de sintomas ou patologias.

Links interessantes:
Sintomas associados com a Ataxia Cerebelar
Fisioterapia na lesão do Ligamento Cruzado Posterior
Utilize a Fisioterapia para tratar Bronquites
Nos EUA atualmente são mais de 80 mil osteopatas, na Europa está presente em quase todos os países, e já existe uma cultura de osteopatia, um exemplo é a França onde todas as mães levam seus bebês a um osteopata logo que nascem, seja de forma preventiva, ou mesmo para tratar  alguns sintomas que surgem nesse período.

Pensando ainda na França, que tem uma população muito inferior à brasileira, já são mais de 20 mil osteopatas, aqui por enquanto não chegamos à mil, ou seja, existe um mercado tremendo para o fisioterapeuta que quer se especializar e se destacar.

Dentro da América Latina vários países já tiveram a chegada da osteopatia tais como, Argentina, Chile, Peru, Venezuela, Equador, Uruguay, Costa Rica e México.

Como o Brasil foi o primeiro a receber esse método atualmente damos suporte a esses outros países na criação, consultoria, gestão e também no corpo docente que é composto em sua maioria de brasileiros.

No momento na América Latina o Brasil é o país que mais produz trabalhos científicos sobre osteopatia e esperamos aumentar nosso potencial de pesquisas com os convênios que estamos firmando com as instituições internacionais.

Fonte

Você conhece o nosso Drive Virtual de Conteúdo spbre Terapia Manual? Clique aqui e conheça!

Comente:

Nenhum comentário:

Postar um comentário